[Texto] Minhas variáveis

21:37


Foi uma semana complicada, sabe? Chorei muito, gastei boa parte dos meus 70% de água do corpo, vivi na base de suco de maracujá (o único decente que é vendido na minha escola), escutei umas músicas interessantes por meio da nova televisão a cabo que foi instalada aqui em casa (ainda bem, já não aguentava mais o horário político), terminei de rever as melhores temporadas de Glee, escrevi muito mais do que o normal para esse ano (o ensino médio me desanimou até para respirar). Acontece que toda essa insegurança não me deixa nem ficar de pé no ônibus sem ter medo de cair.

Mas depois de uma conversa esclarecedora com uma professora de física (logo essa matéria) eu simplesmente passei a ver as coisas de outra maneira. Adicionei variáveis na minha vida (os parênteses para anotações aleatórias vieram inclusos no pacote). Eu posso ter meu plano A, plano B, plano C, assim como posso misturar partes diversas de cada um deles. E eu também posso sorrir, chorar, ficar com raiva, assim como posso dar um equilíbrio nas minha próprias emoções.

Decidi que eu seria feliz, não que eu já não estivesse sendo, com certeza eu sou. Mas eu queria de uma forma diferente, não sei se dá para entender... Não achar uma forma de me distrair dos problemas e sim uma forma para parar de trata-los como problemas, tudo isso porque depois daquela tal conversa percebi que muitas das coisas eram somente invenção da minha mente.

Eu gosto de ter minhas variáveis e opções, gosto de saber que não tenho que ter certeza agora, gosto de saber que os problemas nem sempre são tão problemáticos assim, e gosto mais ainda de sentir a brisa noturna no meu rosto, me dá um clima de inspiração, entende? E então eu fico assim, escrevendo no papel como se fosse uma velha amiga... 

♥ FACEBOOK ♥ TWITTER ♥ INSTAGRAM ♥ YOUTUBE 

You Might Also Like

11 comentários